NOTÍCIAS EM DESTAQUE

16 / 04 / 2018

Caminhões terão alta de 27,5% em 2018, diz Carcon Automotive.

Consultoria estima crescimento mais acentuado para o segmento de pesados 

Com a autoridade de quem acertou na mosca a previsão de que o mercado interno teria 52 mil caminhões emplacados em 2017, a consultoria Carcon Automotive fez outra estimativa para o segmento de veículos de carga durante o IX Fórum da Indústria Automobilística, realizado por Automotive Business no WTC, em São Paulo. 
 

Segundo Ronaldo Lima, gerente de desenvolvimento de forecast da Carcon Automotive, o crescimento da economia, a taxa de juros baixa, a inflação sob controle e a confiança da indústria e dos consumidores são fatores que fazem a empresa prever um bom crescimento no mercado de pesados. 
 

A previsão de ótimas safras de grãos (229,5 milhões de toneladas) e de cana de açúcar (635,6 milhões de toneladas) também foram fatores considerados pela Carcon Automotive. Durante sua apresentação no fórum, Ronaldo Lima disse que a consultoria prevê um aumento de 27,5% no mercado de caminhões para este ano, passando de 51,9 mil para 66,2 mil unidades. Ele salientou, entretanto, que a recuperação do mercado será maior entre os caminhões pesados, acima de 30%, enquanto o de outros segmentos ficará abaixo, na casa dos 20%.

Para os ônibus a Carcon prevê uma melhora mais modesta, de 19%, com as vendas internas passando de 11,7 mil em 2017 para 14 mil unidades este ano. Mesmo assim, é um crescimento mais consistente que o do ano passado, que foi de 5,3%. Ronaldo Lima também fez uma pequena provocação em sua apresentação, perguntando: “Estamos preparados para o crescimento?” Isso porque, segundo estudos da Carcon Automotive, o prazo de entrega de caminhões já é de 70 dias, tempo quase três vezes maior do que ocorreu em meses anteriores. Considerando os números de caminhões e ônibus, a Carcon prevê crescimento de 17% na produção de veículos pesados. 

A estimativa da empresa é de que a produção passe de 114,7 mil para 134 mil veículos em 2018.